Seguidores

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Aeromodelo do Concorde- Perfeito!

Eu comecei no aeromodelismo aos 7 anos de idade, quando ganhei de meu pai um kit do Mustang P-51(Casa AeroBras) com um motorzinho Enya 0.6, "diesel". Depois dele, vieram dezenas de modelos e vários motores , tanto diesel como glows. Naquela época não existia Rádio Control, era tudo no cabo de aço mesmo (U-Control). Atualmente, um modelo como esse do video deve custar quase o preço de um ultraleve. E o pessoal já compra quase tudo montado, quando o bom da coisa está justamente em montar o modelo, tirar da planta e pôr pra voar. O modelo do video é perfeito, se não fossem as pessoas por perto, dava pra dizer que era o avião verdadeiro, mesmo...

10 comentários:

Helio Herbert disse...

O pessoal anda caprichando muito nessas miniaturas realmente parece
de verdade.


No meu blog você aparece agora com
o seu blog como Pé de Chumbo,não mais como Boteco de Aeroporto como era antes.Só para você saber.

Helio Herbert disse...

Ô Pé o video do racha esta no Flavio Gomes...

Marchesi disse...

Fala Pé de Chumbo!Tudo certo?Cara, valeu pela visita ao meu Blog. Acho que ganhei a aposta, he he he he!

Parabéns pelo blog parceiro!Tá muito bem feito!
Você já foi piloto de avião?

Ahh, esse Concorde, se você não escreve que é aeromodelo eu não ía nem sonhar, de tão perfeito que é!

Abraços!

Renato de la Rocha disse...

Carlos,
desculpa a ignorância, mas que tipo de "motor" faz voar estas aeronaves?

Felipão disse...

Impressionante...

Felipão disse...

olha isso pé:

http://www.youtube.com/watch?v=BTP0KovPBvY

Pé de Chumbo disse...

Marchesi, fui piloto, sim, agora tô aposentado...Obrigado pela visita, venha sempre!

Renato, é uma mini-turbina, uma miniatura de turbinas normais...

Pé de Chumbo disse...

HH, já ví o video lá no FG...O cara devia apanhar de vara de marmelo e passar algum tempo na cana, tomando banho de salmoura e quebrando pedras.

Pé de Chumbo disse...

Felipão, ví o video...Foi em 2005, na semana da asa, aeroporto do Bacacheri.

Eu estava lá, como sempre...

André disse...

Mas o danado sai do chão igual o real!!!!